Clique para a página principal

Re: Público classe A, Mídia classe D

Lista de discussão sobre samba e choro, estilos musicais brasileiros.
 Página principal » Tribuna Livre » Arquivo das mensagens » Indice mensal
Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Autor: Sonia Palhares Marinho (soniapalhares_at_hotmail.com)
Data: Dom 28 Set 2003 - 15:45:07 BRT

Wagner mandou:

>Eu: Não sou ouvinte tão assíduo nem conhecedor de rádio, acredito que na
>tribuna tem gente com muito >mais conhecimento pra dizer, mas o que posso
>observar, das minhas rodadas no dial é, primeiro a >assustadora presença de
>igrejas, cultos, demônios etc e tal, que se alastram como uma praga, e
relegam qualquer tipo de música para espaços restritíssimos.

Isso é mais que praga, é uma verdadeira doença, sem contar o desrespeito com
que tratam os cultos afro-brasileiros, essa gente merecia cadeia.:-(

>No resto ouve-se muita música estrangeira (rock/pop americano
>principalmente) e muito pagode, com >pequenos espaços para a chamada MPB
>que num sentido mais amplo (pelo menos no rádio) pega >Djavan, Milton, Gil,
>Paralamas, Titãs, Rita Lee, Paulinho, João Bosco, etc.

Foi nessa onda que a melhor emissora de Brasília embarcou, conseguiram
desfigurar totalmente a Rádio Nacional FM da qual era ouvinte há 15 anos.:-(
Agora a tônica é a música pop de fácil digestão.

>Eu não vejo uma restrição específica ao samba, mas à música de boa
>qualidade, que pelo jeito não tem >ouvintes (todos em sampa lembram da
>ótima Musical FM que virou rádio de igreja).

Lembro dessa emissora quando estive aí trabalhando em 98, todos os dias
quando voltava dirigindo às 19:00 h ouvia música de boa qualidade. O
interessante é que ela havia conseguido uma liminar para não retransmitir a
Voz do Brasil, era o único jeito de suportar o trânsito dessa cidade.:-)

>Interessante que pela lógica do preconceito de classe e/ou racial também
>não deveria se ouvir pagode, >daí porque não concordo muito com essa
>lógica.

A lógica a ser observada é de "quem está ganhando, quem está sendo
beneficiado"

>Acho que na TV acontece a mesma coisa (inclusive com a presença das
>igrejas), mas, como disse, não sou assíduo, nem analista do ramo.

O escândalo maior aqui em Brasília - não sei se no resto do país aconteceu o
mesmo - foi a NET retirar da grade o canal da TV Cultura (SP) para colocar
em seu lugar um canal dessas igrejas evangélicas imbecis. Uma tristeza!:-(
Afinal, cultura prá quê, né!?

Beijins. Sonia Palhares (BsB-DF)

_________________________________________________________________

_______________________________________________
Para CANCELAR sua assinatura:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/cancela
Para ASSINAR esta lista:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/assina
Antes de escrever, leia as regras de ETIQUETA:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/netiqueta

Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Este arquivo foi gerado por hypermail 2.1.4 : Dom 28 Set 2003 - 15:45:18 BRT