Clique para a página principal

Res: Re: Nair ou Rian

Lista de discussão sobre samba e choro, estilos musicais brasileiros.
 Página principal » Tribuna Livre » Arquivo das mensagens » Indice mensal
Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

jorge_mello_at_ibest.com.br
Data: Sex 26 Set 2003 - 15:29:59 BRT

('binary' Codificação não suportada, armazenado tal qual está) Salve Clarimundo e demais amigos!

 Realmente você se enganou, pois ela foi casada com o Marechal Hermes da Fonseca. Transcrevo a seguir um artigo meu sobre o episódio. Espero que seja útil!
        Abraços, Jorge Mello.A PRIMEIRA DAMA EXECUTOU AO VIOLÃO O “CORTA-JACA” NO PALÁCIO DO CATETE.

Foi um escândalo! A primeira dama da república, Sra Nair de Teffé causou um grande impacto ao apresentar a música “O Corta Jaca” em solo de violão numa recepção no Palácio do Catete em 26 de Outubro de 1914. Este fato inusitado foi muito bem aproveitado pelos adversários políticos do então presidente Marechal Hermes da Fonseca e uma das mais contundentes críticas foi a do senador Rui Barbosa: “...Uma das folhas de ontem (referia-se ao vespertino “A Noite”) estampou em fac-símile o programa da recepção presidencial em que, diante do Corpo Diplomático, a da mais fina sociedade do Rio de Janeiro, aqueles que deviam ao País o exemplo das maneiras as mais distintas e dos costumes mais reservados, elevaram o “Corta Jaca” à altura de uma instituição social. Mas o “Corta Jaca” de que eu ouvira falar há muito tempo, que vem a ser ele, Sr. Presidente? É a mais baixa, a mais chula, a mais grosseira de todas as danças selvagens, a irmã gêmea do batuque, do Cateretê e do Samba. Mas nas
 recepções presidenciais o “Corta Jaca” é executado com todas as honras de música de Wagner,e não se quer que a consciência deste País se revolte, que as nossas se enrubesçam e que a mocidade se ria!...”
         Deve-se esclarecer que nesta recepção houve um concerto em que participaram, além da primeira dama, a Sra Nícia Silva, o Comendador Artur Napoleão, Dr. Leopoldo Duque Estrada, Maestro Ernani Figueiredo e o Sr. Monteiro Diniz. O nível dos participantes e o programa do concerto estavam fora de questão. O grande “pecado” foi a inclusão da música “O Corta Jaca”, de autoria da Maestrina Chiquinha Gonzaga e que foi apresentada em solo de violão pela primeira dama. Mais uma vez o violão num acontecimento que gerou polêmicas! Um dos participantes, o Maestro Ernani Figueiredo assim descreve o episódio:”...Tive o prazer e a honra de acompanhar a Exma. Esposa do Sr. Presidente e de patentear os recursos do violão em vários solos. O sucesso foi além da minha expectativa quando a Primeira Dama executou ao violão, e com grande elevação artística, dentre outras mais, o “Penssé Melodique” de Cotin.....”
           Podemos então contrastar a visão do crítico arrogante cujo único argumento é o preconceito, com a do músico cujo único interesse é o valor artístico da intérprete. Engraçado é que alguns meses antes, em Maio, lá esteve Catullo a convite do Sr Presidente e de sua esposa para que apresentasse suas modinhas, tendo o violão a acompanha-lo. O sucesso foi grande e não se ouviu crítica contrária...O próprio Catullo arrancou lágrimas dos olhos de Rui Barbosa no solar da rua São Clemente...Quer dizer, o violão tem sua hora e o seu lugar. O “Corta Jaca”numa recepção palaciana é demais! Seria este o pensamento do Sr Rui Barbosa?

                                              JORGE MELLO

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
>-----MENSAGEM ORIGINAL-----
>De: Clarimundo Flôres <clariflores@yahoo.com.br>
>Enviada em: Sex, 26 Set 2003 10:31:44
>Assunto: Res: Re: [S-C] Nair ou Rian
>
>
>>Se não me engano, ela também foi mulher do Vensceslau Braz. Uma das características da primeira-dama era causar escândalos na sociedade de então. Ela era apaixonada pela música popular brasileira, principalmente pela composições de outra mulher magnífica daqueles tempos duríssimos para o ser feminino, Chiquinha Gonzaga. Por isso, a levou para um sarau no Palácio Guanabara, onde muitos presidentes residiram. Rui Barbosa subiu à tribuna do senado furibundo com o caso, dizendo que esse tipo de musiquinha não está a altura dos palácios nobres do poder. A Águia de Haia detestava a música brasileira. Chegou a dizer no histórico discurso que a anarquia tomava conta da república. Vensceslau enfrentou problemas por causa da mulher, mas a apoiava em tudo. Ela foi a primeira-dama mais interessante que tivemos.
>
>Daniel Brazil wrote:Grande Fernando:
>
>Sua memória não te traiu. Nair de Teffé foi uma das primeiras mulheres a desenhar charges na imprensa brasileira. Assinava com o palíndromo Rian.
>
>Abraço!
>
>Daniel Brazil
>_______________________________________________
>Para CANCELAR sua assinatura:
>http://www.samba-choro.com.br/tribuna/cancela
>Para ASSINAR esta lista:
>http://www.samba-choro.com.br/tribuna/assina
>Antes de escrever, leia as regras de ETIQUETA:
>http://www.samba-choro.com.br/tribuna/netiqueta
>
>_______________________________________________
>Para CANCELAR sua assinatura:
> http://www.samba-choro.com.br/tribuna/cancela
>Para ASSINAR esta lista:
> http://www.samba-choro.com.br/tribuna/assina
>Antes de escrever, leia as regras de ETIQUETA:
> http://www.samba-choro.com.br/tribuna/netiqueta
>

_________________________________________________
Quer ajudar o Brasil e não sabe como?
AjudaBrasil: http://www.ajudabrasil.org/mail.html.

_______________________________________________
Para CANCELAR sua assinatura:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/cancela
Para ASSINAR esta lista:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/assina
Antes de escrever, leia as regras de ETIQUETA:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/netiqueta

Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Este arquivo foi gerado por hypermail 2.1.4 : Sex 26 Set 2003 - 15:30:17 BRT