Clique para a página principal

Maria Rita no Jornal Nacional

Lista de discussão sobre samba e choro, estilos musicais brasileiros.
 Página principal » Tribuna Livre » Arquivo das mensagens » Indice mensal
Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Autor: Cesar Oliveira (cesar52_at_superig.com.br)
Data: Qui 18 Set 2003 - 21:39:45 BRT

Sambistas & Chorões:
Juro que faço uma força danada, dentro das parcas limitações intelectuais de
que sou provido, para tentar entender porque o lançamento da Maria Rita
Mariano faz as pessoas terem síncopes. Ora chovem protestos em nossa
Tribuna. Ora, um sujeito escreve uma cara desaforadíssima a O Globo,
reclamando da repercussão. Ora, as pessoas se indigam por suas entrevistas
ao Fantástico e ao Jornal Nacional.
Caramba, Maria Rita é uma belíssima cantora, afinadíssima e canta bem pra
burro. Produziu um lindo disco de lançamento, com belas músicas e arranjos.
Eu, que já tive o prazer e a emoção de vê-la ao vivo (no Mistura Fina do
Rio, no show do não menos talentosésimo Chico Pinheiro - certamente, uma das
cinco maiores alegrias que a MPB me proporcionou nos últimos dez anos),
fiquei emocionado com o CD. Bonito, bem-cuidado, incorporando o charme da
faixa interativa que permite baixas outras duas e lindas músicas pela web
etc. O que ela vai fazer com o talento que seus pais lhe concederam, só ela
pode saber, junto com quem ela acredita que possa lhe ajudar a dirigir sua
carreira.
Só que Maria Rita é filha da (na minha opinião), maior cantora do Brasil em
todos os tempos. Quanto mais ouço a fieira de cantoras brasileiras que
batalham no mercado, mais me convenço que estão há anos-luz de Elis Regina.
Só que Maria Rita, talvez por talento geneticamente transmitido (o pai
também contribuiu muito, porque é muito competente e talentoso, pianista
como poucos), canta pra burro, divide e respira feito gente grande, está
pronta para decolar e, quem sabe, se igualar à mãe.
Na vida, é preciso mais que talento pra dar certo. Maria Rita não é a filha
da Elis. É Maria Rita Mariano, queiramos ou não. Já mostrou personalidade
para fazer as coisas do seu jeito. "Ah, mas ela canta como a Elis, tem os
trejeitos da Elis..." Ela não poderia era ter os trejeitos da minha santa
mãezinha, já que - infelizmente - não é minha irmã.
O resto é uma bobajada sem limites e inexplicável, já que ela não nos fez
nada demais, não ofendeu ninguém, não se apropriou de espaço de outrem, não
roubou, não matou, não usurpou. Canta pra cacête, graças aos bons e santos
Deuses da Música, que nos recompensaram pela morte brutal e inútil, embora
previsível, da maior cantora brasileira de todos os tempos.
Saudações de Vila Isabel,
Cesar Oliveira
Novo e-mail: cesar52@superig.com.br

_______________________________________________
Para CANCELAR sua assinatura:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/cancela
Para ASSINAR esta lista:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/assina
Antes de escrever, leia as regras de ETIQUETA:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/netiqueta

Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Este arquivo foi gerado por hypermail 2.1.4 : Qui 18 Set 2003 - 21:39:33 BRT