Clique para a página principal

Re:RES: RES: Re: Gosto e Poesia

Lista de discussão sobre samba e choro, estilos musicais brasileiros.
 Página principal » Tribuna Livre » Arquivo das mensagens » Indice mensal
Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Autor: marioatleticomineiro (marioatleticomineiro_at_uol.com.br)
Data: Seg 15 Set 2003 - 21:45:21 BRT

Maurício, não conheço este poema. Mas se é poema não virou
letra. continuou poema.

Abraço, Mário.

> Mário, você não reconhece que o poema "Fanatismo", da Florbe
la Espanca
> virou uma letra de música redondinha com o Fagner?
>
>
> Um abraço,
> Mauricio
>
> -----Mensagem original-----
> De: tribuna-bounces@samba-choro.com.br
> [mailto:tribuna-bounces@samba-choro.com.br] Em nome de
> marioatleticomineiro
> Enviada em: segunda-feira, 15 de setembro de 2003 21:05
> Para: mauernica@ajato.com.br
> Cc: tribuna@samba-choro.com.br
> Assunto: Re:RES: [S-C] Re: Gosto e Poesia
>
> Caro maurício,
>
> não é bem assim não. Um poema musicado não vira uma boa
> letra, de jeito nenhum, ele é sempre um poema com melodia. E
 
> letra é letra. O que confunde as pessoas é o fato das letras
 
> serem escritas em versos como a poesia. A diferença está no
> fato que os versos de uma poesia têm um ritmo natural, até
> mesmo o verso livre, modernista.
> Há letras com alguns versos poéticos, mas são sempre letras
> pois não mantêm esse ritmo que há na poesia.
> As letras, como já havia comentado antes, são prosas em form
a
> de verso. Muitas parecem poesia, mas têm feição de prosa.
>
> Vou dar um exemplo disso:
>
> "Tire o seu sorriso do caminho
> que eu quero passar com a minha dor.
> hoje pra você eu sou espinho,
> espinho não machuca a flor."
>
> Estes quatro lindos versos não têm ritmo de poesia, são
> letra, portanto prosa.
>
> "Eu só errei quendo juntei minh'alma a sua
> o sol não pode viver perto da lua"
>
> Já estes dois são poéticos. Principalmente o segundo.
>
> "É no espelho que eu vejo as minhas mágoas,..."
>
> Este também é poético.
>
> "...a minha dor, e os meus olhos rasos d'água.
> Eu na sua vida já fui uma flor.
> Hoje sou espinho em seu amor."
>
> Já estes não têm ritmo de poesia.
>
> O fato de ter versos poéticos não significa ser uma poesia n
o
> seu conjunto.
>
> Letra é letra e poesia é poesia, sempre.
>
> Forte abraço, Mário.
>
>
>
> > Caras e caros,
> >
> > Acompanhei de longe, mas com interesse, a discussão sobre
le
> tra de
> > música e
> > poesia. Gostaria de parpitá também...
> >
> > A letra de música ganha sentido plenamente quando é cantad
a.
> Caso
> > contrário, é como a borboleta na parede, conforme a imagem
 f
> eliz que foi
> > usada aqui.
> >
> > Se é assim, um poema, quando cantado, não deixa de ser poe
ma
> , é claro,
> > mas passa a contar com os elementos propriamente musicais
pa
> ra fazer
> > sentido. A habilidade especial do letrista, que distingue
es
> sa atividade
> > do fazer poesia, é escrever tendo em vista o canto. De mod
o
> > complementar, musicar um texto (poema, letra ou até um tre
ch
> o em prosa)
> > é ter o canto em mente, também.
> >
> > O que seria desses versos logo abaixo sem música?
> >
> > "vamos chamar o vento
> > ...
> > vamos chamar o vento
> > ..."
> >
> > " O mar, quando quebra na praia, é bonito, é bonito"
> >
> > Peguei esses dois pedacinhos de Caymmi de propósito. Canta
do
> s com aquele
> > vozeirão e naquele arranjo, eles ganham um sentido particu
la
> r, um tom
> > solene, respeitoso, de admiração e de congraçamento com a
na
> tureza que
> > de modo algum existe na escrita.
> >
> > No outro lado, há textos poéticos que dificilmente poderia
m
> ser
> > musicados, como Tabacaria, conforme já foi lembrado.
> >
> > Essas lembranças de Caymmi e Pessoa são exemplos extremos,
 é
> verdade.
> > Entre eles há uma nebulosa que já foi analisada. Nela, há
al
> gumas
> > propriedades textuais que permitem a um poema virar uma bo
a
> letra de
> > música e a uma letra de música virar um bom poema. Não fal
ta
> m exemplos
> > para isso na música popular e na canção erudita.
> >
> > Assim, imagino eu que a distinção entre poesia e letra não
 e
> stá tanto no
> > texto em si, isoladamente. Mas sim, e sobretudo, na maneir
a
> como ele
> > existe. Por isso, um poema musicado está na condição de le
tr
> a de música
> > e uma letra escrita na condição de poema. Se um texto escr
it
> o
> > originalmente para ser lido ou declamado pode virar boa le
tr
> a - e
> > vice-versa - é outra história.
> >
> > Abraços,
> > Mauricio
> >
> > PS: duas lembranças soltas...
> >
> > Se não me engano, o Chico falou que escreve letra de músic
a
> e não poesia
> > tendo em vista a natureza particular da letra de música. (
se
> minha
> > memória não estiver me traindo, há algo sobre isso no livr
o
> "Chico
> > Buarque letra e música", da Cia das Letras).
> > Por mais que algumas músicas dele possam viver bem sem a m
ús
> ica e
> > assumir a condição de poema, elas foram escritas para ser
ca
> ntadas. É na
> > relação com a música, portanto, que elas podem ganhar sent
id
> o
> > plenamente.
> >
> > E o que dizer de algumas letras do Itamar Assumpção. Sampa
 M
> idnight, por
> > exemplo, parece mais um pequeno conto do que um poema. Mas
 é
> letra de
> > música, faz sentido plenamente quando cantada.
> >
> >
> >
> > _______________________________________________
> > Para CANCELAR sua assinatura:
> > http://www.samba-choro.com.br/tribuna/cancela
> > Para ASSINAR esta lista:
> > http://www.samba-choro.com.br/tribuna/assina
> > Antes de escrever, leia as regras de ETIQUETA:
> > http://www.samba-choro.com.br/tribuna/netiqueta
> >
>
>
> ---
> Acabe com aquelas janelinhas que pulam na sua tela.
> AntiPop-up UOL - É grátis!
> http://antipopup.uol.com.br
>
> _______________________________________________
> Para CANCELAR sua assinatura:
> http://www.samba-choro.com.br/tribuna/cancela
> Para ASSINAR esta lista:
> http://www.samba-choro.com.br/tribuna/assina
> Antes de escrever, leia as regras de ETIQUETA:
> http://www.samba-choro.com.br/tribuna/netiqueta
>
>
>

 

---
Acabe com aquelas janelinhas que pulam na sua tela.
AntiPop-up UOL - É grátis! 
http://antipopup.uol.com.br

_______________________________________________ Para CANCELAR sua assinatura: http://www.samba-choro.com.br/tribuna/cancela Para ASSINAR esta lista: http://www.samba-choro.com.br/tribuna/assina Antes de escrever, leia as regras de ETIQUETA: http://www.samba-choro.com.br/tribuna/netiqueta

Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Este arquivo foi gerado por hypermail 2.1.4 : Seg 15 Set 2003 - 21:45:23 BRT