Clique para a página principal

Re: Chorões e choronas

Lista de discussão sobre samba e choro, estilos musicais brasileiros.
 Página principal » Tribuna Livre » Arquivo das mensagens » Indice mensal
Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Autor: Sonia Palhares Marinho (soniapalhares_at_hotmail.com)
Data: Qui 11 Set 2003 - 20:11:05 BRT

Oi Lama:

>A Soninha disse assim:
>... o cenário de choro em Fortaleza deve ser bem legal
>
>Infelizmente não Soninha, o espaço do Choro aqui em Fortaleza é bem
>reduzido, principalmente se comparando (sem perder a noção de proporção) a
>BsB, Sp e Rio, a industria cultural aqui é voltada massissamente para o
>forro plagiado dos Beatles, Scorpions, Queen e quejandos... :0( o que
>acaba sufocando movimentos como o Maracatu, o Choro, etc... um dos poucos
>bares que fazem uma "Feijoada com Choro" aos sabados, O Cais Bar já tá com
>data marcada pra fechar
>
>A Soninha continuou:
>>o Jorge Cardoso, embora more em Brasília, começou lá...:-) Zé Menezes que
>>está aqui em Brasília e fez >um show lindo interpretando Garoto ontem no
>>Clube do Choro, também é de lá, conheço um >infinidade de chorões
>>cearenses, sei lá, deve ser a água que eles bebem...:-):-):-)
>
>Curioso isso naum? Tem muita gente boa daqui mesmo, Nonato Luis, Aluisio do
>Pandeiro, Macaúba (Vou vê-lo domingo no Dragão do Mar), Zivaldo Maia,
>Marcos Façanha...
>Num show inesquecível que o Altamiro Carrilho fez aqui acompanhado do
>Regional do Macaúba e da Orquestra Eleazar de Carvalho ele disse que o
>Aluisio (que também fabrica pandeiros) era o maior panderista do mundo...
>covardia do Altamiro fazer isso com um senhor de idade :0). Quanto ao Zé
>Menezes e ao Jorge Cardoso, dificilmente vem por essas plagas, assisti um
>show do Zé Menezes em 1998 e nunca mais, já o Jorge Cardoso, deve ter uns 2
>anos que naum pinta aqui...
>Já a água, faz 12 anos que bebo dela e não me tornei um violonista que
>preste :0) :0) :0)
>
>Abraço do Lama

Que pena, viu!? A impressão que eu tinha era outra, esse jornal sempre traz
matérias legais sobre choro, imaginei que tivesse aí na cidade um movimento
forte do gênero - claro que nada parecido com o que acontece no Rio -.
Tenho tentado convencer o Reco do Bandolim a trazer uma vez a cada bimestre
um Clube do Choro de outra cidade para se apresentar no Clube do Choro de
Brasília e fazer um intercâmbio, com troca de experiências, para que o Reco
e a administração do CCB mostre como o Clube aqui se estruturou e como
funciona legal. Pode servir de estímulo para outros grupos. Quanto mais
clubes existirem pelo país afora, mais espaço para trabalhar os músicos
terão e maior divulgação e adeptos o choro vai ganhar. Vou continuar
insistindo, "água mole em pedra dura tanto bate até que fura"!:-)

Beijins. Sonia Palhares (BsB-DF)

PS: Estou falando tanto em água, eu hein..., meu negócio mesmo é cerveja!:-)

_________________________________________________________________
MSN Messenger: converse com os seus amigos online.
http://messenger.msn.com.br

_______________________________________________
Para CANCELAR sua assinatura:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/cancela
Para ASSINAR esta lista:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/assina
Antes de escrever, leia as regras de ETIQUETA:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/netiqueta

Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Este arquivo foi gerado por hypermail 2.1.4 : Qui 11 Set 2003 - 20:18:08 BRT