Clique para a página principal

Paulinho da Viola emociona em Brasilia

Lista de discussão sobre samba e choro, estilos musicais brasileiros.
 Página principal » Tribuna Livre » Arquivo das mensagens » Indice mensal
Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Autor: Daniel Brazil (dbrazil_at_ig.com.br)
Data: Qui 11 Set 2003 - 15:16:07 BRT

PAULINHO DA VIOLA EMOCIONA EM BRASILIA

BEATRIZ COELHO SILVA
Enviada especial
BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva emocionou-se ao assistir ao documentário Paulinho da Viola - Meu Tempo É agora, anteontem no Palácio Alvorada, com o próprio sambista, o ministro da Cultura, Gilberto Gil, a diretora do filme, Izabel Jaguaribe, políticos e outros convidados. E não economizou elogios. "Foi o melhor filme que vi aqui. Vocês que o fizeram, não têm dimensão da importância, assim como Leônidas da Silva não imaginava que entraria para a história ao criar o gol de bicicleta", disse Lula, fiel às metáforas futebolísticas. "Mais do que um filme sobre Paulino da Viola, vocês mostraram a criatividade do povo brasileiro, ao torná-lo protagonista e coadjuvante da história contada."
Lula conteve-se, mas Gil tinha os olhos marejados no fim da sessão, que marcou, se não sua reconciliação com Paulinho, ao menos uma reaproximação, depois de mais de sete anos de rompimento, por questões de cachê no show de réveillon de 1996, em Copacabana. Gil não estava na lista de convidados, mas chegou pouco antes da sessão e trocou cumprimentos frios com o sambista e sua mulher, Lila Rabello. Depois da sessão, disse ao Estado que Paulinho da Viola é fundamental.
"Ele é o depositário de nosso patrimônio imaterial. Tem uma dimensão rara da riqueza de nossa música porque é de uma geração intermediária. Ele é de 1942, como eu, mas é mais eficaz como ponte entre a geração que começou tudo no início do século passado, e a que continua esse processo", disse Gil emocionado. "Esse documentário entra para o acervo de nossa cultura e outros devem acontecer. Isso sem falar do prazer de ver e ouvir Paulinho da Viola falar e, principalmente, cantar." Paulinho ouviu e agradeceu. Na despedida, abraçaram-se, mas nenhum dos dois falou das divergências passadas ou de contatos futuros.
(...)
Após a sessão, no jantar de lugares marcados, Lula falou sobre a mudança estética que o documentário traz. "Num tempo em que todo mundo só quer mostrar modelos bonitas, colocar aquelas pessoas da Velha Guarda da Portela, que fogem aos padrões estabelecidos, é importante porque mostra a nossa cara de brasileiros", ressaltou o presidente. "Esse filme faz história do Brasil porque mostra o protagonista e todas as pessoas que fizeram dele o que é. Ensina a quem vai chegar depois de nós quem somos e onde tudo começou."
(...)

PS: Dei uma editadinha na notícia, tirando a lista de presença de políticos ou comentários sobre a roupa de cada um. Quem quiser saber, vá na fonte:

http://www.estado.estadao.com.br/editorias/2003/09/11/cad026.html

Daniel Brazil

_______________________________________________
Para CANCELAR sua assinatura:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/cancela
Para ASSINAR esta lista:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/assina
Antes de escrever, leia as regras de ETIQUETA:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/netiqueta

Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Este arquivo foi gerado por hypermail 2.1.4 : Qui 11 Set 2003 - 15:16:12 BRT