Clique para a página principal

Mais Zicartola

Lista de discussão sobre samba e choro, estilos musicais brasileiros.
 Página principal » Tribuna Livre » Arquivo das mensagens » Indice mensal
Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Autor: Cesar Oliveira (cesar52_at_ig.com.br)
Data: Ter 09 Set 2003 - 19:41:25 BRT

Fábio:
Quando se fala na "pouca destreza do Cartola para administrar o Zicartola"
fico pensando, ao revés, a extrema destreza em administrar as palavras, ele
que era pintor, né, praticamente analfabeto (?). Não quis dizer que não se
deve comemorar o Zi pelo que ele foi, porque foi a chave de galão do "quando
derem vez ao morro", mas não posso comemorar que tenha acabado pela
sacanagem dos que se diziam amigos...
Quanto ao Bip-Bip, o Alfredinho, aqui entre nós é o chamado maluco-beleza.
Parece que ele faz aquilo por mecenato. Mas, da mesma maneira que o
Zicartola, não tem cabimento comer e beber e não pagar. A crise de
mau-caratismo atravessou a Rua Pinheiro Machado, cruzou o Santa Bárbara, deu
a volta na Cidade Nova e está invadindo a Cidade!
Que Deus se apiede de nossas almas cariocas!
Abração,
Cesar

> Pois é, Cesar, infelizmente, é também o que dizem os textos que contam a
história desse bar. Entretanto, não se pode deixar de reconhecer que o curto
período de funcionamento do Zicartola representou um marco importante na
música brasileira pela qual somos todos aqui apaixonados. Em 1963, a "nova
música da zona sul" estava em sua mais sólida fase "for export", e o
Zicartola fez falar alto uma outra música que, longe de estar morrendo,
estava ali mostrando sua força. A força de concisão do texto do João Máximo
(e olha que retirei alguns trechos que insinuam justamente o que estou
explicitando aqui) é perfeita pra mostrar quanto é representativo para esse
momento da música brasileira - e, ouso dizer, para tudo que ocorreria a
partir dali, inclusive a formação da chamada MPB (expressão que o Nei Lopes,
por motivos que tangenciam nosso assunto, execra).
>
> Discordo de você quando diz que não há motivos para comemorar o Zicartola,
concentrando-se nessa questão - até porque em quase todos os textos que li
sobre o Zicartola (que são todas as minhas fontes, pois quando nasci, o bar
já tinha fechado havia anos, e só cheguei a conhecer a plaquinha de que
falou a Eugênia - e ainda bem que tem pelo menos a plaquinha!...), os
autores dizem que ele fechou não somente por causa dos calotes mas também
pela pouca destreza do Cartola com a administração do lugar. Continuo,
entretanto, achando que isso é questão menor historicamente.
>
> Só pra estender um pouco essa história de calotes, há alguns anos esta
Tribuna divulgou muito (consultem-se os arquivos) uma situação, digamos,
semelhante, por que passou o Bip Bip, outro lugar que tem tido uma
importância fundamental na nossa música (ainda que completamente diferente
do Zicartola, até porque o Alfredinho não parece cozinhar como Dona Zica).
>
> Por último, com relação ao filme do Paulinho em Brasília, pra quem quiser
entrar de penetra lá no Alvorada, de repente rola até uma cachacinha do Zé
Alencar :-)))
>
> Abraços a todos,
> Fábio Liberal
>
> _______________________________________________
> Para CANCELAR sua assinatura:
> http://www.samba-choro.com.br/tribuna/cancela
> Para ASSINAR esta lista:
> http://www.samba-choro.com.br/tribuna/assina
> Antes de escrever, leia as regras de ETIQUETA:
> http://www.samba-choro.com.br/tribuna/netiqueta
>

_______________________________________________
Para CANCELAR sua assinatura:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/cancela
Para ASSINAR esta lista:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/assina
Antes de escrever, leia as regras de ETIQUETA:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/netiqueta

Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Este arquivo foi gerado por hypermail 2.1.4 : Ter 09 Set 2003 - 19:47:50 BRT