Clique para a página principal

Beth Carvalho canta Cartola (JB Online)

Lista de discussão sobre samba e choro, estilos musicais brasileiros.
 Página principal » Tribuna Livre » Arquivo das mensagens » Indice mensal
Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Autor: Sonia Palhares Marinho (soniapalhares_at_hotmail.com)
Data: Qui 04 Set 2003 - 02:31:05 BRT

Beth Carvalho canta Cartola
http://jbonline2.terra.com.br/jvir/jbonline.noticias.MostraNoticia?id=80117&template=http://www.jb.com.br/jb/online/musicalidade/resenha_template.html

Beth Carvalho canta Cartola

Beth Carvalho

BMG

João Bernardo Caldeira

Raras são as vezes que as gravadoras têm a sensibilidade de peneirar uma
penca de músicas que façam de uma compilação algo consistente. Uma bela de
uma exceção é Beth Carvalho canta Cartola, que reúne 12 músicas do gênio
mangueirense já registradas pela diva do samba. O lançamento faz desse ano
um bom momento para se lembrar de Cartola, já que recentemente Ney
Matogrosso lançou a versão ao vivo de seu disco composto de clássicos como
As rosas não falam, O mundo é um moinho, Acontece, O sol nascerá (a sorrir)
e Corra e olhe o céu.

Todas essas também estão presentes aqui, mas, assim como fez Ney, a cantora
tratou de gravar também pérolas esquecidas. A mais bela delas talvez seja
Consideração, uma parceria com o pioneiro do samba e também pintor Heitor
dos Prazeres. Os versos sempre dramáticos e arrebatadores de Cartola, a bela
voz de Beth Carvalho, o coro feminino, tudo conspira a favor: "Eu não
gostei/ me faltaste a consideração/ o que tu me fizeste/ não tem
classificação/ tu não sabes amar/ para que tens um coração?/ ai meu Deus/ o
melhor entre nos dois é a separação".

Beth Carvalho só escorrega quando é acompanhada de teclados e cordas
cafonas, que estragam Espero por ti, Motivação e Amargo presente, momentos
em que bate uma saudade danada da roupagem elaborada por Ney Matogrosso.
Mas, de resto, reina o violão, a flauta, o cavaquinho e o coro que sempre
estiveram por trás das gravações de Cartola. É o caso do emblemático
registro da cantora para As rosas não falam, que estourou em todo país ao
ser incluído na trilha da novela global Duas vidas, de Janet Clair, em 1976.

Destaque ainda para a dilacerante Que sejam bem vindos, gravada pela
sambista em 1978, e para Cordas de aço. "Vinte anos sem Cartola, hein
gente!", conversa com seu público Beth Carvalho no registro ao vivo de
Acontece, em 2000. Na última do CD, O mundo é um moinho, o peso grave de sua
voz delineia na medida certa o coração de um pai que lamenta a perda da
filha para o mundo. Assim como Ney, Beth Carvalho não nos tira o desejo de
ouvir a voz original de tantos clássicos. No entanto, bem como fez Ney, ela
nos lembra que não houve um sambista com um repertório tão grandioso como o
do um dia esquecido, e ex-lavador de carros, Cartola.

[04/09/2003]

_________________________________________________________________
MSN Hotmail, o maior webmail do Brasil. http://www.hotmail.com

_______________________________________________
Para CANCELAR sua assinatura:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/cancela
Para ASSINAR esta lista:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/assina
Antes de escrever, leia as regras de ETIQUETA:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/netiqueta

Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Este arquivo foi gerado por hypermail 2.1.4 : Qui 04 Set 2003 - 02:37:04 BRT