Clique para a página principal

Cadência paulista do samba (JB Online)

Lista de discussão sobre samba e choro, estilos musicais brasileiros.
 Página principal > Tribuna Livre > Arquivo das mensagens > Indice mensal
Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

pl_PL: Sonia Palhares Marinho (soniapalhares_at_hotmail.com)
Data: qui 16 jan 2003 - 19:19:32 EDT

http://jbonline.terra.com.br/jb/papel/cadernob/2003/01/15/jorcab20030115006.html
[http://jbonline.terra.com.br/jb/papel/cadernob/2003/01/15/jorcab20030115006.html
]
 
 
 
 
 
Cadência paulista do samba
 
 

Autor de clássicos como 'Ronda', Paulo Vanzolini tem obra reunida em CDs
 
 

Tárik de Souza
 
 
Crítico do JB
 
 

Divulgação

Cientista e zoólogo, com doutorado em Harvard, Vanzolini tem suas
principais letras e músicas na coletânea ‘Acerto de contas’: raro
intelectual com alma popular
O samba paulista, essa entidade assombrada pelo desabafo letal do poeta
Vinicius de Moraes (''São Paulo é o túmulo do samba'') não somente existe
como tem marca própria e digitais indeléveis. Elas estão na caixa de
quatro CDs Acerto de contas (Biscoito Fino), que será lançado em show hoje
no Sesc Vila Mariana, reunindo o sumo da obra do compositor Paulo
Vanzolini, paulistano de 1924, com participações de Chico Buarque,
Martinho da Vila, Paulinho da Viola, Miúcha, Inezita Barroso, Cristina
Buarque e Márcia, entre outros.
 
 
Ao lado de Adoniran Barbosa, Eduardo Gudin, Roberto Riberti, Geraldo
Filme, Toquinho, Talismã, Oswaldinho da Cuíca, Elzo Augusto, Carlinhos
Vergueiro, Silvio Modesto, Jorge Costa e Germano Mathias, Vanzolini foi um
dos formatadores desse estilo, impregnado pela cadência da toada
interiorana com ecos modinheiros (de viola) e pulso rítmico mais
ralentado. O que não quer dizer que o autor de dois megaclássicos, o samba
canção Ronda (que, de tão ''típico'', serviu de mote para Sampa, de
Caetano Veloso) e Volta por cima (estouro na voz do mineiro Noite
Ilustrada), não arrisque - e petisque - no sincopado (Mulher, toma
juízo!), no samba choro (Não vou na sua casa) e até nos versos de desafio
da Capoeira do Arnaldo.

Aliás, o cientista e zoólogo, doutorado em Harvard, EUA, que por 31 anos
foi diretor do Museu de Zoologia, teve sua formação artística cunhada no
versejar dos shows acadêmicos. ''Meu prazer teria sido cantar, mas os
músicos não encaravam essa hipótese com simpatia'', debochou ele numa
entrevista ao programa Ensaio, de Fernando Faro, na TV Cultura, em 1992,
recentemente editada em livro e CD pelo produtor Pelão, na série A música
brasileira deste século por seus autores e intérpretes (Sesc São Paulo).

Na gravação, nota-se sua incompatibilidade vocal com o acompanhamento do
amigo e parceiro de boemia Adauto Santos. No entanto, o compositor
esmerado, incapaz de tocar qualquer instrumento, sai-se bem nos trechos à
capela, adestrado desde a juventude nos embates estudantis (''os shows
eram pra viajar e beber cerveja de graça no interior'') e nos monólogos
''na linha de Luis Peixoto''.

Mas, ao compor, ele refreia sua veia tagarela de varar a noite emendando
causos, como anota o ensaísta Antonio Cândido em texto no encarte dos CDs.
''Como autor de letra e música ele é de certo modo o oposto da
loquacidade, porque não espalha, concentra; não esbanja, economiza,
trabalhando sempre com o mínimo para obter o máximo'', elogia.

Vanzolini, que chegou a produtor da TV Record (''minha função era fazer um
cenário com ângulo morto onde ficavam escritas as letras que a Aracy de
Almeida não decorava de jeito nenhum'', brinca) é um desses raros
intelectuais de alma popular, capaz de imitar o estilo de português
acaipirado do ''rival'' Adoniran em Seu Barbosa.

Vanzolini tomava um lotação no Centro de São Paulo para ir ao trabalho e
ao observar os batedores de carteira na fila criou o elíptico Praça
Clóvis. ''Na praça Clóvis minha carteira foi batida/ tinha vinte e cinco
cruzeiros e o seu retrato/ vinte e cinco eu francamente achei barato/ para
me livrarem do meu atraso de vida'', fulmina a letra. Na ácida (e quase
''lupicínica'') Maria que ninguém queria, o desfecho surpreende:
''jurou-me ser minha toda, todinha/ com uma exceção natural/ eu não levei
a mal/ mas no mesmo momento, já recusei seu oferecimento/ orgulho eu não
tenho/ mas sou homem demais para cinquenta por cento''. Na tradição um
tanto misógina dos velhos sambistas ele também calibra a artilharia em
Mulher que não dá samba, Falta de mim e Amor de trapo e farrapo, todas
escaladas no Acerto de contas, um projeto fundamental que só peca pela
modéstia na escolha dos intérpretes.

Um sólido suporte instrumental corretamente dá preferência ao sotaque do
samba paulista de músicos como Isaías (bandolim), Bocato (trombone),
Israel de Almeida (violão de 7 cordas), Ítalo Peron (violão), Wanderson
Martins (cavaquinho), Joãozinho do Cavaco, Prata (flauta), Guello
(percussão), Ubaldo Versolato (clarinete). Mas os cantores convocados nem
sempre estão à altura do refino poético e melódico do autor.

As exceções ficam por conta da participação de parceiros como Paulinho
Nogueira (Boneca, Valsa das três da manhã), Eduardo Gudin (Longe de casa
eu choro), Elton Medeiros (Dançando na chuva) e convidados do porte de
Paulinho da Viola (Bandeira de guerra), Martinho da Vila (que decupa quase
no osso o Juízo final), Inezita Barroso (José), Márcia (Ronda), Carlinhos
Vergueiro (Samba abstrato), Trovadores Urbanos (Carinha), Chico Buarque
(Quando eu for, eu vou sem pena) e irmãs, de Miúcha (Raiz) a Cristina
(Mente) e Ana de Hollanda (Noites de vigília). Ainda assim, a caixa acerta
as contas de Vanzolini, um criador nas (altas) horas vagas, cuja obra nada
tem de diletante.

MSN Hotmail, o maior webmail do Brasil. Faça o seu agora.
[http://g.msn.com/8HMWBR/2018 ]

#Mensagem modificada, anexos e HTML removidos#
_____________________________________________________________
Para CANCELAR sua assinatura:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/cancela
Para ASSINAR esta lista:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/assina
Antes de escrever, leia as regras de ETIQUETA:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/netiqueta

Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Este arquivo foi gerado por hypermail 2.1.4 : qui 16 jan 2003 - 19:20:44 EDT