Clique para a página principal

as origens do samba era mistura

Lista de discussão sobre samba e choro, estilos musicais brasileiros.
 Página principal > Tribuna Livre > Arquivo das mensagens > Indice mensal
Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

pl_PL: Newton Motta (newton.motta_at_ig.com.br)
Data: ter 14 jan 2003 - 15:49:01 EDT

No carnaval de 1903, o povo cantava quem inventou a mulata, antes um pouco na capital federal, Patápio Silva que também chegava, encontrava o choro como um gênero difundido dentro do ambiente carioca, as diversas formas musicais de origem européia, como a polca, a valsa e o xote(schotish), estavam em pleno processo de adaptação, tornando-se saborosamente cariocas.

Do livro Patápio
Músico erudito ou popular de Maria das Graças, Henrique, Selma e Sinclair. Ed.Mec

Motta comenta:
vai acontecendo um amálmaga, um entrelaçamento entre a música européia e a música nacional, como Luciana Rabelo já comentou o aparecimento do choro atualmente é aceito como uma forma de interpretar os vários gêneros em Voga no tempo do império.

no carnaval de 1900, Chiquinha Gonzaga, compôem Ô abre alas, e o ritmo do carnaval ao ritmo da marcha,
 Mário de Andrade afirma que a modinha era gênero musical que segundo ele saiu dos salo~çes chik para ser tocada nas esquinas com violões em serenata; mas o samba como nós o conhecemos hoje continua de fora do panorama musical, estava na senzala, no batuque do negro sofrido escravo, no batuque de outros tambores?

o samba só “nasce” no entendimento atual por volta de 1911-16-17.
O registro “oficial é feita por Donga e o Mauro que registram uma criação coletiva, que era o pelo telefone, que era um maxixe, que tinha no aspecto ritmico o mesmo motivo encontrado nas composições de Habaneras, tangos, Ragtime enfim era para quem lê música e adote a semínima como unidade, seria uma colcheia pontuada e uma semicolcheia

aqui é o “folclore” ainda não era o samba como nós o conhecemos hoje, o samba só nasce com Ismael era o surdo, acentuado o segundo tempo do compasso binário que caracteriza o samba urbano carioca.
.
Existiam então o samba da escola de Donga e o samba da escola de Ismael, são portanto dois tipos de samba, o samba de Donga que era o Maxixe, e o ritmo que segundo Ismael era tan tantan tan tantan não dava para andar, dizia Ismael então introduziu o famoso bum bum paticumbumprugurundum,

O samba tem sua origem africana, ou espanhola(ibérica) ou árabe – moura ou mussulmana
Souza Carneiro, em seu livro “ Mitos Africanos no Brasil”, diz que o samba é adoração, adorar, queixume, súplica, desejo, voto,em muitas linguas afro-negras;
o samba fez dos Sudanêses e seus descendentes, os melhores poetas, os melhores cantores e ainda os melhores “dansadores” de todos os negros do Brasil.

A Modinha, melodia tradicional brasileira, nasceu da influência do Sudanês e do Banto na vida nacional: “ É o samba no seu sentido perfeito e acabado, adoração, súplica,etc,- substituida a divindade pela mulher, pelo homem, ou por outro valor
A Influência afro-negra no samba, ou melhor, na formação da música popular brasileira, não excue pensarmos em que os negros, que eram considerados de nível superior entre os escravos, eram Sudanezes, embora os outros viessem da Guiné, do Congo, de São Tomé, da Costa de Mina e mais tarde de Moçambique e de outros pontos da Africa

Diante desse quadro, podemos sugerir o seguinte prisma religioso:
Gêgê- Nagé-Mussulmi-banto-caboclo-Espírita-católico

Podemos perceber pelo texto, que as culturas afro-negras em nosso país, revoltadas pela escravidão ou razões de outra natureza que, sem perderem todavia, os vestígios da sua sobrevivência aceitaram o Brasil como a sua própria terra de nascimento.

O samba é um produto do sincretismo musical de varias culturas e quem quiser determinar a sua origem,praticara o contraponto de marcar um ponto no espaço como tentar pregar um prego na areia.

A origem do samba para uns é africana e consideram absurda qualquer opinião em contrário; chegam a dizer que no samba tem umbigada! , outros dizem que embora de origem africana, sofreu influência ibérica, outros acreditam que o ritmo básico, seja espanhol

Sylvio Romero, baseando-se em Cardim, convenceu-se que o samba é de origem aborígene.
Cornélio Pires, diz que o samba é dança de cablocos, nada tem com o jongo africano
O sincretismo musical veio, mais tarde, a se preceder numa consequência natural de interpenetração entre os ameríndios e africanos;
O atual samba, pode Ter sofrido influências: arabe-moura, africana e ibérico espanhola e portugues

Para finalizar o Prof Silva Bueno, diz que o samba em alagoas no tempo do império era uma reunião de danças, uma festa, era o mesmo que dizer, vou ao baile ou ao samba de fulana, samba era festa de terreiro, onde se dançava , o baião, o côco etc...
A “expressão na roda do samba” caracteriza essa “suite” ou coleção de danças que eram praticadas no terreiro, ou seja, o samba representava, uma coleção de gêneros, que eram dançados no terreiro, na roda do samba, diferentemente de hoje, onde nós conhecemos o samba como um gênero.
_____________________________________________________________
Para CANCELAR sua assinatura:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/cancela
Para ASSINAR esta lista:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/assina
Antes de escrever, leia as regras de ETIQUETA:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/netiqueta

Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Este arquivo foi gerado por hypermail 2.1.4 : ter 14 jan 2003 - 15:49:07 EDT