Clique para a página principal

Re: Samba em João do Rio

Lista de discussão sobre samba e choro, estilos musicais brasileiros.
 Página principal > Tribuna Livre > Arquivo das mensagens > Indice mensal
Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

pl_PL: Sonia Palhares Marinho (soniapalhares_at_hotmail.com)
Data: ter 07 jan 2003 - 22:00:37 EDT

Oi Toledo:

 

>Listrados,

>Li ontem uma antologia do João do Rio e encontrei uma passagem

>curiosíssima:

>Numa crônica chamada "Os Livres Acampamentos da Miséria", ele narra uma

>visita sua ao Morro de Santo Antônio, a fim de presenciar uma "seresta"

>(aspas dele). Num certo ponto (após fazer uma descrição do modus vivendi

>do pessoal do morro), um dos personagens pergunta a ele:

>" - Você canta, tenente?

>- Canto, mas vim especialmente para ouvir e ver o samba.

>- Bem, então, entremos.

>Desafinadamente, os violões vibraram. Benedito cuspiu, limpou a boca com

>as costas da mão, e abriu para o ar a sua voz áspera:

>O morro de Santo Antônio

>Já não é morro nem nada".

>E por aí vai.

>Acontece, filhinhos, que essa crônica foi retirada do livro "Vida

>Vertiginosa", editado originalmente em 1911. E o Baiano só gravou "Pelo

>Telefone" em 1917.

>Já havia lido, nos meus Tinhorões básicos, que a expressão "samba" vem de

>longe, sendo inclusive citada como "semba" muitas vezes. Mas é curioso

>encontrá-la numa crônica de jornal de 1911, vocês não acham?

>Por falar no João, foi um escritor interessante: seus contemporâneos

>diziam que era um homossexual afetadíssimo, esnobe até a raiz dos
cabelos,

>apreciador fanático de Oscar Wilde (outro dândi radical).

>Muitos de seus textos remetem a Huysmans (vide "Au Rebours", pérola do

>Decadentismo inglês da virada do século XIX para o XX), de um preciosismo

>que chega a dar nos nervos, enquanto outros, como o citado (descontando a

>clara má-vontade com que se refere aos favelados em questão), são de uma

>concisão ímpar.

>Um abraço,

>Fernando Toledo

 

 

 

O Canal GNT (Net/Sky) apresentou dia desses um documentário
excelente sobre João do Rio, com base nos textos do livro de crônicas "A
Alma Encantadora das Ruas" escrito em 1908 (na verdade compilado, os
textos são anteriores) que é considerado um dos trabalhos mais importantes
sobre a cidade do Rio de Janeiro e sua população no início do século 20.
Além de homossexual afetadíssimo e esnobe como você bem assinalou, João do
Rio era também dono de jornal,  tinha grana, era dono de um texto muito
crítico é ainda por cima era negro (mulato), o que por si só já o
discriminava. A burguesia da época não suportava tamanha ousadia.:-) Dizem
que seu esnobismo era pura auto-defesa!

 

E por falar em "A Alma Encantadora das Ruas", eu estou atrás desse livro,
quem souber onde encontrar - já procurei em diversas livrarias e sebos de
Brasília e não achei -, favor me dar um toque.

 

 

Quem quiser saber mais sobre João do Rio:

 

 

http://www.geocities.com/BourbonStreet/9713/joao.html
[http://www.geocities.com/BourbonStreet/9713/joao.html ]

 

 

 

Com relação à expressão "semba" lembro de ter assistido a um espetáculo na
Sala Cecília Meirelles no início dos anos 80 promovido pelo Martinho da
Vila dentro do projeto "Kizomba", onde ele trazia artistas africanos - e
da diáspora - para se apresentar no Brasil fazendo  intercâmbio com nossos
artistas - já falei sobre isso aqui na TS&C -, quando soube - não sei até
onde a tese é verdadeira -, que a expressão semba seria uma corruptela de
"massemba" um ritmo - ou seria um gênero!? - africano. Bem..., já se vão
muitos anos mas, não for isso, é algo parecido!:-):-):-)

 

 

Beijins. Sonia Palhares (BsB-DF)

 

 

 

 

 

 MSN Hotmail, o maior webmail do Brasil. Faça o seu agora.
[http://g.msn.com/8HMEBR/2018 ]

#Mensagem modificada, anexos e HTML removidos#
_____________________________________________________________
Para CANCELAR sua assinatura:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/cancela
Para ASSINAR esta lista:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/assina
Antes de escrever, leia as regras de ETIQUETA:
        http://www.samba-choro.com.br/tribuna/netiqueta

Nova mensagem Responder Mensagens por data Mensagens por discussão Mensagens por assunto Mensagens por autor

Este arquivo foi gerado por hypermail 2.1.4 : ter 07 jan 2003 - 22:03:07 EDT