Samba & Choro Artistas Pixinguinha

Pixinguinha

[Página Principal] | [Artistas] | [Tribuna Livre] | [Partituras] | [Pelo Brasil] | [Perguntas] | [Outras Informações] | [Discos do Mês] | [Sem Frames] | [Com Frames]

Músicas - Discografia
Se você tem 15 volumes para falar de toda música brasileira, fique certo de que é pouco. Mas se dispõe apenas do espaço de uma palavra, nem tudo está perdido. Escreva depressa: "Pixinguinha".

Ary Vasconcelos

Alfredo da Rocha Vianna Jr. (1897 - 1973), o Pixinguinha, é o pai da música brasileira. Normalmente reconhecido "apenas" por ser um flautista virtuoso e um Foto Pixinguinhacompositor genial, costuma-se desprezar seu lado de maestro e arranjador. Pixinguinha criou o que hoje são as bases da música brasileira. Misturou a então incipiente música de Ernesto Nazareh , Chiquinha Gonzaga e dos primeiros chorões com ritmos africanos, estilos europeus e a música negra americana, fazendo surgir um estilo genuínamente brasileiro. Arrajou os principais sucessos da então chamada época de ouro da música popular brasileira, orquestrando de marchas de carnaval a choros.

Foi o primeiro maestro-arranjador contratado por uma gravadora no Brasil. Era um músico profissional quando boa parte dos mais importantes músicos eram amadores (os principais chorões eram funcionários públicos e faziam música nos horários de lazer). Pixinguinha foi antes de tudo um pesquisador de música, sempre inovando e inserindo novos elementos na música brasileira. Foi muitas vezes incompreendido, e apenas anos mais tarde passavam a dar o devido valor a suas invenções.

Pixinguinha foi um menino prodígio, tocava cavaquinho com 12 anos. Aos 13 passava ao bombardino e a flauta. Até hoje é reconhecido como o melhor flautista da história da música brasileira. Mais velho trocaria a flauta pelo saxofone, pois não tinha mais a firmeza e embocadura necessárias. Aos desessete anos grava suas primeiras instrumentações, vindo a no ano seguinte gravar suas primeiras composicoes, nada menos que as pérolas Rosa e Sofres Porque Queres.

Em 1922 têm uma experiência que transforma significativamente sua música. Um milionário patrocina a viagem de Pixinguinha e de seu grupo Os 8 Batutas para uma turnê européia. A temporada em Paris que deveria ser de um mês dura seis, tendo que ser interrompida devido a compromissos já assumidos no Brasil. Na Europa Pixinguinha trava contato com a moderna música européia e com o jazz americano, então moda em Paris.

Pixinguinha faria 100 anos no ano que vem (1997). Estão sendo planejadas grandes comemorações pela cidade do Rio de Janeiro. Desde já têm sido realizadas diversas apresentações públicas de grupos tocando sua obra. Discos estão sendo lançados e relançados. A cidade vai ferver homenageando o Maestro Pixinguinha.


____________________________________________________

Músicas

Lamentos
(Pixinguinha)
Álbum: Vibrações
Execução:Jacob do Bandolim e conjunto Época de Ouro Amostra [wav] 510K
Carinhoso
(Pixinguinha)
Álbum: Choros Imortais
Execução:Altamiro Carrilho Amostra [wav] 950K

____________________________________________________

Discografia

Capa do Disco

Gente da Antiga - Pixinguinha, Clementina de Jesus e João da Bahiana
Data : 1970
Gravadora :Odeon

Neste disco não houve qualquer tipo de ensaio. Apenas reuniram os músicos no estúdio e disseram para eles tocarem o que quisessem. O resultado é absurdo. Lançado em CD pela EMI dentro da coleção 2 em 1 (da Clementina de Jesus). Fora de Catálogo.


Capa do Disco

São Pixinguinha
Gravadora : Odeon

Lançado em CD dentro da coleção Os Originais da EMI.


Pixinguinha no Carnaval e a Velha Guarda Também
Data : 1972
Gravadora : Cia. Brasileira de Discos

Nunca lançado em CD.


Pixinguinha e sua Gente em Tempo de Velha Guarda
Gravadora : Cia. Brasileira de Discos

Nunca lançado em CD.


Cinco Companheiros - Pixinguinha & os Chorões daquele tempo
Data : 1972
Gravadora : Cia. Brasileira de Discos

Nunca lançado em CD.


Pixinguinha & Benedito Lacerda
Data : 1966
Gravadora :RCA

Lançado em CD pelo selo Revivendo


Pixinguinha, De Novo
Data : 1975
Gravadora : Discos Marcus Pereira

Lançado em CD. Não é difícil de ser encontrado.


Pixinguinha 70
Data : 1968
Gravadora : Museu da Imagem e do Som

Show em homenagem aos 70 anos de mestre Pixinguinha. Excelente. Lançado em CD, com várias músicas adicionadas à seleção original.


70 Anos de Pixinguinha
Data : 1968
Gravadora : RCA

Nunca lançado em CD.


topo

Músicas - Discografia

[Página Principal] | [Artistas] | [Tribuna Livre] | [Partituras] | [Pelo Brasil] | [Perguntas] | [Outras Informações] | [Discos do Mês] | [Sem Frames] | [Com Frames]

Copyright © 1996
Paulo Eduardo Neves
<BGSOUND SRC="sons/appixing.wav">